Informação

Bicicletas com imposto de importação reduzido – Saiba os destaques da semana 07

22 de fevereiro de 2021
Blog > Bicicletas com imposto de importação reduzido – Saiba os destaques da semana 07

Chegou a hora de ficar bem informado! Confira os três principais destaques da semana 07: 

01 – Brasil reduz tarifa de importação de bicicletas 

Em uma decisão publicada no Diário Oficial da União (18/02), o Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu reduzir a tarifa de importação de bicicletas. 

De acordo com o texto publicado pelo Comitê, a redução vai funcionar da seguinte forma: 

1 – 30% de março a junho;
2 – 25% de julho a novembro;
3 – 20% a partir de dezembro.

Com a decisão, o imposto volta ao patamar previsto na Tarifa Externa Comum do Mercosul (TEC), que é de 20%.

Vale lembrar que o Brasil havia incluído as bicicletas na lista de exceções da TEC em 2011, quando elevou a tarifa para 35%, a fim de beneficiar o mercado nacional. 

Atualmente, o maior polo de produção do produto fica em Manaus e, por isso, parlamentares da região pretendem derrubar a decisão através de um decreto legislativo. Segundo eles, esta situação pode prejudicar a economia local.

O vice-presidente da Câmara do Amazonas deve se reunir na próxima semana com o ministro da Economia para discutir o assunto e encontrar a melhor solução.

02 – Safra 2020/2021: Conab projeta colheita de 268,3 milhões de toneladas de grãos 

Segundo o 5º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), é esperado um crescimento na produção total do produto para 268,3 milhões de toneladas, um aumento de 4,4% quando comparado com o período 2019/20.

A coleta de dados da pesquisa foi realizada na primeira semana de janeiro e mostra que neste período está sendo realizada a colheita das lavouras da primeira safra. Ou seja, a maioria dessas áreas serão utilizada para o plantio das culturas de segunda e terceira temporada, que pretendem ser promissoras, segundo a Conab.

Para a primeira temporada, o milho teve uma redução de 0,8% na área cultivada, isso equivale a aproximadamente 23,6 milhões de toneladas. Segundo a pesquisa, a produção do milho pode atingir 105,5 milhões de toneladas com a segunda e a terceira temporada. 

Outro produto analisado foi o feijão, na primeira safra já apresentou um crescimento de 0,6%  e a produção estimada é de 1 milhão de toneladas. Somando as três safras, a expectativa é de que o feijão atinja a marca de 3,2 milhões. 

Já o algodão mostra uma concentração de plantio em janeiro e queda de 16% na produção. O amendoim apresenta crescimento de 3% já na primeira temporada e uma produção estimada em 560,5 mil. O trigo terá o início do plantio em março, mas a sua perspectiva de crescimento é de 2,1% na área semeada e 6,4 milhões de toneladas de produção. 

Para ver o boletim completo divulgado pela Conab, clique aqui.

03 – O que diz o Barômetro de Bens da OMC sobre o futuro do comércio internacional? 

Segundo o Barômetro da OMC (Organização Mundial do Comércio), o crescimento do volume do comércio mundial de mercadorias permaneceu forte no quarto trimestre de 2020, após uma queda brusca ocasionada pela pandemia de Covid-19. No entanto, é improvável que o ritmo de expansão permaneça no mesmo durante o primeiro semestre de 2021.

Mas calma! Só porque o Barômetro não registra crescimento em um ritmo acelerado não quer dizer que a expansão do comércio internacional vai deixar de acontecer. Para se ter uma ideia, a leitura atual do Barômetro é de 103,9, um valor acima da leitura anterior, que foi de 100,7. 

O que vai acontecer é uma movimentação mais lenta e constante. Isso porque, ainda é preciso levar em consideração as incertezas causadas pelo Covid-19 a nível mundial. A recuperação e crescimento do comércio depende da eficácia da vacinação.

Ainda segundo a OMC, a próxima previsão de comércio deve ser divulgada em meados de abril. 

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.