Informação

Comece a semana bem informado – Esses são os destaques da semana 50

14 de dezembro de 2020
Blog > Comece a semana bem informado – Esses são os destaques da semana 50

Que tal começar a semana bem informado? Separamos os três principais destaques da semana 50 para você ficar sempre atualizado com as principais notícias do Comércio Exterior. Confira:

1 – Exportação de veículos sobe 26,2% em novembro

Durante o ano de 2020, as exportações de automóveis movimentaram pouco a balança comercial do país. A principal causa dessa queda foi a pandemia de Covid-19, que encareceu a aquisição de insumos para a produção e aumentou as exigências com relação a sanitização.

Entretanto, no mês de novembro a realidade foi um pouco diferente: um aumento de 26,6% no volume exportado, com um total de 44 mil unidades embarcadas para o exterior. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Segundo a instituição, países como Argentina, México e Colômbia regularizaram os seus estoques e contribuíram para este aumento.

Mesmo que o aumento repentino não seja o suficiente para recuperar o restante acumulado do ano, é um importante resultado que marca a esperança de um novo cenário para o setor no novo ano que se inicia em poucos dias.

2 – Chinelos impulsionam alta de 13,8% nas exportações de calçados

O mês de novembro também se mostrou promissor para o setor calçadista e o grande protagonista desta reviravolta são os chinelos. Os dados elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) revelam um total de 9,55 milhões de pares embarcados durante o mês.

O incremento das exportações de chinelos (52% do volume) foi fundamental para o resultado, que aumenta a expectativa de uma recuperação gradual do setor para 2021. Outro fator que influenciou o aumento das exportações foi o valor do dólar, que está mais valorizado do que o real.

Ainda segundo a Abicalçados, os principais países que receberam os calçados brasileiros são os Estados Unidos e a Argentina, e o principal estado brasileiro exportador do produto é o Rio Grande do Sul.

3 – Movimentação no Porto de Imbituba cresce 12,4%

O Porto de Imbituba, localizado na cidade de Imbituba, Santa Catarina, fechou o mês de novembro com 484,3 mil toneladas, uma alta de 12,4% em relação ao volume registrado no mesmo período do ano passado.

O bom desempenho foi alavancado pela variedade de produtos transportados: celulose, comidas em bags, contêineres, minério de ferro, ureia, malte e guindaste, além dos grandes volumes de coque de petróleo.

Do total de toneladas transportadas via Imbituba em novembro, a importação (46,4%) ficou um pouco acima da exportação (41,6%). Já a cabotagem de contêineres representou 11,9% das cargas.

Até o momento, o Porto de Imbituba bateu dois recordes operacionais: em junho (602.370 toneladas) e setembro (602.737 toneladas). O porto também bateu quatro recordes de embarque com a marca de operação de 119,7 mil toneladas em uma única embarcação.

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.