Informação

Comex e a internet das coisas – confira os destaques da semana 09

9 de março de 2021
Blog > Comex e a internet das coisas – confira os destaques da semana 09

Sua dose semanal de informação está aqui! Confira as três principais notícias que movimentaram a Semana 09 no Comércio Exterior: 

01 – Senado aprova acordo internacional que apoia as exportações agrícolas 

Durante a semana 09, o Senado aprovou o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 568/2020, mais conhecido como: Protocolo de Nairóbi. 

O texto faz parte de uma das seis decisões ministeriais adotadas pelos países membros da OMC (Organização Mundial do Comércio) durante a 10ª Conferência Ministerial, que aconteceu em 2015 na cidade de Nairóbi. O conjunto dessas decisões abrange assuntos sobre agricultura, algodão e questões relacionadas aos países menos desenvolvidos. 

Contextualizando, uma Conferência Ministerial funciona como o órgão de decisão máxima da OMC. Os países membros se reúnem a cada dois anos e decidem a respeito de assuntos que estejam relacionados aos acordos multilaterais firmados pela organização. 

No que diz respeito ao Protocolo de Nairóbi, a decisão representa um importante passo para o comércio internacional do setor agrícola brasileiro, que deve ser impulsionado ainda mais com este Acordo Internacional. 

Agora, o texto segue para promulgação e você pode ler na íntegra clicando aqui. E se você quer saber mais sobre o que são Acordos Internacionais clique aqui.

02 – Estudo do Banco Central revela importância dos produtos básicos na exportação

Em 2020, vimos as exportações brasileiras resistirem. Mesmo em meio à pandemia de Covid-19, os números se mantiveram constantes e, em alguns setores, vimos crescimentos e quebra de recordes. 

De acordo com um estudo feito pelo Banco Central, o resultado satisfatório está diretamente relacionado com a exportação de produtos básicos, como a soja e o minério de ferro.

O impulsionamento das vendas de soja são resultado da safra recorde de 2019 e do aumento da demanda internacional pelo produto. Já o minério de ferro teve a China como principal vetor do seu crescimento, a participação do gigante asiático como mercado para este produto foi de 59,6% (2019), para 71,8% (2020).

Agora, além de manter o bom fluxo de exportação desses produtos em 2021, a expectativa é de que outros produtos apareçam com mais frequência, como o açúcar e o algodão. 

03 – A internet das coisas e o Comércio Exterior

Tecnologias que antes eram realidade apenas nos filmes de ficção científica aos poucos vão entrando no dia a dia das pessoas e trazendo benefícios claros. A famosa inteligência artificial e a internet das coisas já estão beneficiando muitos setores pelo mundo, entre eles o Comércio Exterior. 

Um levantamento feito pela Thomson Reuters e Live University, com mais de 300 profissionais em posições de liderança e especialistas das principais organizações do país, indicou que, para 77% dos profissionais do Comex, a Inteligência Artificial é uma das principais apostas em inovação para o setor.

O caminho ainda está longe de terminar, mas os benefícios são claros. Ao aplicar a tecnologia nos processos internacionais a eficiência é melhorada em todas as etapas. 

Ainda segundo o estudo, uma grande aposta nesse sentido é o Big Data. A ideia é pegar todos os dados que essas operações geram – e são milhões e milhões de gigas – para criar padrões e entender funcionamentos.

O aeroporto de Guarulhos, por exemplo, usou a inteligência artificial para ajudar na detecção de passageiros com COVID-19, podendo rastrear melhor e garantir um menor número de contágios, algo de extrema importância nos dias de hoje.

futuro do Comex está cada vez mais próximo!

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.