Sem categoria

Confira as principais exportações de 2019 até setembro

25 de outubro de 2019
Blog > Confira as principais exportações de 2019 até setembro

Apesar de alguns altos e baixos durante o ano, as operações de exportação se caracterizaram como uma atividade econômica estável em 2019. Os números mostram que até setembro deste ano já foram movimentados US$ 147,29 bilhões, apenas US$ 29,79 bilhões a menos do que o mesmo período de 2018.
Confira no gráfico abaixo a comparação de valores entre os dois anos:

 

Reunimos aqui os principais produtos brasileiros destinados ao exterior; também coletamos informações acerca dos maiores estados exportadores e os principais destinos das mercadorias produzidas por aqui. Boa leitura!

 

Top 10 produtos exportados no Brasil

De acordo com dados da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (SECINT), os 10 produtos mais exportados no Brasil durante o ano de 2019 (considerando até o mês de setembro) são:

1. Soja Triturada –13%*
2. Óleos Brutos de Petróleo –11%
3. Minério de Ferro –9,9%
4. Celulose –3,6%
5. Milho em Grãos –3%
6. Carne de Frango –2,8%
7. Produtos Manufaturados –2,7%
8. Farelo de Óleo de Soja –2,6%
9. Carne Bovina –2,5%
10. Café em Grão- 2,0%
• Porcentagens referente a participação de mercado

Além do valor de participação em porcentagem, também reunimos aqui o valor FOB de cada produto, ou seja, os números que envolvem a operação até o porto de embarque. Confira no gráfico abaixo:

 

 

Entender quais são os produtos mais exportados do país, diz muito sobre quais são as atividades econômicas brasileiras que mais vendem no restante do mundo. Nesse sentido, podemos concluir a partir dos números que a soja e o petróleo brasileiro fazem sucesso no exterior.

Mas para onde vai toda essa mercadoria? Também coletados dados de quais são os principais destinos dos nossos produtos. Confira!

 

TOP 10 destinos das exportações

Segundo dados da SECINT, os países que mais compram do Brasil são:

1. China – Participação 27,6% – Valor FOB US$ 46,2 bi;
2. Estados Unidos – Participação 13% – Valor FOB US$ 21,8 bi;
3. Holanda – Participação 4,83% – Valor FOB US$ 8,07 bi;
4. Argentina – Participação 4,47% – Valor FOB US$ 7,48 bi;
5. Chile – Participação 2,29% – Valor FOB US$3,83 bi;
6. Japão – Participação 2,23% – Valor FOB US$ 3,73 bi;
7. Alemanha – Participação 2,20% – Valor FOB US$ 3,63 bi;
8. México – Participação 2,14% – Valor FOB US$ 3,18 bi;
9. Espanha – Participação 1,89% – Valor FOB US$ 3,16 bi;
10. Coreia do Sul – Participação 1,49% – Valor FOB US$ 2,49 bi.
Fonte: SECINT 22/10

A China se mantém como o principal destino das mercadorias brasileiras. Isso ainda é um reflexo da guerra comercial com os Estados Unidos, que obriga o país asiático a ir atrás de outros fornecedores, como o Brasil: o que é uma ótima oportunidade para os nossos empreendedores.

Além disso, neste ano, a China também enfrentou a PSA (Peste Suína Africana), que fez com que o país buscasse outra fonte da proteína animal para o seu consumo. Coletamos dados e realizamos uma comparação entre 2018 e 2019, confira o que mudou com relação aos principais destinos das exportações do Brasil:

 

 

Outra importante informação acerca das exportações brasileiras, são os principais estados que movimentam esta atividade econômica. Confira quais são eles:

 

TOP 10 estados brasileiros exportadores

Os principais estados que movimentam as exportações do país são:

1. São Paulo – Participação 21,3% – Valor FOB US$ 35,59 bi;
2. Rio de Janeiro – Participação 12,3% – Valor FOB US$ 20,56 bi;
3. Minas Gerais – Participação 11,1% – Valor FOB US$ 18,55 bi;
4. Rio Grande do Sul – Participação 8,17% – Valor FOB US$ 13,66 bi;
5. Pará – Participação 7,71% – Valor FOB US$ 12,9 bi;
6. Mato Grosso – Participação 7,59% – Valor FOB US$ 12,7 bi;
7. Paraná – Participação 7,13% – Valor FOB US$ 11,92 bi;
8. Espírito Santo – Participação 4,22% – Valor FOB US$ 7,05 bi;
9. Santa Catarina – Participação 4% – Valor FOB US$ 6,69 bi;
10. Bahia – Participação 3,44% – Valor 5,76 bi.
Fonte: SECINT 22/10

Entender o cenário atual do nosso país e ter domínio dessas informações é fundamental para realizar estudos significativos para o seu negócio. Por isso, acompanhe nossas redes sociais e saiba em primeira mão as notícias que podem impactar na sua exportação e importação: Linkedin | Instagram | Facebook


Quer aprimorar suas operações internacionais? Fale com um dos nossos analistas clicando aqui.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.