Informação

Exportação de carne bovina em alta – saiba mais com os destaques da Semana 31

9 de agosto de 2021
Blog > Exportação de carne bovina em alta – saiba mais com os destaques da Semana 31

Comece a semana sabendo tudo o que aconteceu na semana 31. Aqui estão os três principais destaques: 

01. Exportação de carne bovina gera 9% mais receita ao Brasil 

De janeiro a julho de 2021, as exportações de carne bovina do Brasil bateram a marca de US$ 5,096 bilhões, ou seja, 9% a mais do que no mesmo período de 2020.

Considerando apenas o mês de julho de 2021, as exportações alcançaram 192,5 mil toneladas, com receita de US$ 1,011 bilhão. No período, o volume exportado teve queda de 1% frente ao mesmo mês de 2020, mas a receita com o produto ultrapassou pela primeira vez na história US$ 1 bilhão mensal. O marco foi alcançado com crescimento de 30% frente ao mesmo mês do ano passado.

No acumulado do ano, os países árabes começam a aparecer no ranking de principais destinos a partir da quarta posição, com o Egito. A China continua sendo o maior destino da carne bovina brasileira.

Os dados são da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

02. Governo debate reformas nas operações internacionais do setor privado

Durante a semana 31, membros da Confax e Camex discutiram quais medidas seriam necessárias para reformar os procedimentos administrativos de importação e exportação no Brasil. O principal objetivo é modernizar os processos. 

Um dos destaques é o Plano de Ação junto aos Órgãos Anuentes do Comércio Exterior, conduzido no âmbito do Novo Processo de Importação (NPI) do Portal Único de Comércio Exterior. 

As ações têm reduzido a atuação governamental sobre os processos de importação e exportação, tornando as operações mais eficientes e menos burocráticas. Entre os principais avanços está a revisão das taxas incidentes sobre as operações de importação.

Entre os temas que foram abordados durante a reunião a expansão do Programa OEA também foi discutido, como ferramenta para aumentar a segurança dos processos. 

03. China aumenta o interesse por café e açaí – saiba como aproveitar essa oportunidade

Além da soja, o café e o açaí tem se tornado os prediletos do gigante asiático. Entre 2015 e 2019, as exportações dos produtos cresceram uma média de 110%. 

Isso abre oportunidades para exportadores brasileiros que desejam atuar nesse mercado. Até mesmo aqueles que nunca atuaram no comércio internacional de produtos. 

Para quem está começando e não entende nada sobre a China, o Instituto Jovem Exportador acaba de lançar o “Curso Comex: Foco China-Brasil – Encontre o cliente e o parceiro ideal no trilionário mercado chinês”. 

Além de apresentar informações relevantes, o curso também apresenta dados demográficos e culturais da China. Para quem deseja se aventurar nesse mercado, vale a dica.

Para mais informações sobre o curso, clique aqui.

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.