Informação

Fretes Rodoviários crescem 37% no primeiro trimestre

07/06/2022
Blog > Fretes Rodoviários crescem 37% no primeiro trimestre

Comece a semana bem informado! Confira os destaques da semana 22 e fique por dentro de tudo o que movimentou o mundo do Comex. Confira:

01 – Fretes Rodoviários crescem 37%

O número de fretes rodoviários no Brasil cresceu 37% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2021. O levantamento foi feito pela plataforma digital FreteBras e o estudo mostra que o volume cresceu de 1,63 milhão para 2,24 milhões em 2022.

O crescimento foi puxado pelo agronegócio, que representou 37,4% das cargas registradas na plataforma e R$ 6,7 bilhões em fretes distribuídos.

Os estados mais significativos para o desempenho do segmento foram Rio Grande do Sul (15,7%), Mato Grosso (12,4%) e São Paulo (11,9%). Os produtos mais transportados foram fertilizantes (23,4%), soja (13,2%) e milho (12,7%).

O estudo ainda mostra que a liderança do transporte de fertilizantes demonstra uma tentativa do mercado interno brasileiro de diminuir a dependência do país em relação à produção internacional.

02 – Brasil aumenta em 29% exportações aos árabes

O Brasil aumentou em 29,2% a receita com vendas aos países árabes nos quatro primeiros meses deste ano. As exportações subiram de US$ 4 bilhões de janeiro a abril de 2021 para US$ 5,2 bilhões no mesmo período de 2022.

No crescimento pesaram os preços altos da maioria dos principais produtos exportados, já que o Brasil vende ao mercado árabe alimentos, que estão com as cotações elevadas globalmente em função da pandemia e da guerra da Rússia. Esse resultado também é um reflexo do aumento nos volumes embarcados de alguns produtos, como a soja, milho e o trigo.

O produto que o Brasil mais exportou ao mercado árabe nos quatro primeiros meses do ano, em valores, foi o minério de ferro.

Em conjunto, os países árabes seguem sendo o terceiro maior mercado do Brasil no exterior, atrás apenas da China e dos Estados Unidos, que ocupam o primeiro e o segundo lugar no ranking, respectivamente. Entre os países do mundo árabe, os grandes compradores dos produtos brasileiros foram Egito, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Argélia e Bahrein (nesta ordem).

03 – Preço alto de matérias primas atinge indústria brasileira

Segundo um levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado durante a semana 22, revela que a alta dos preços de insumos e de matérias-primas atingiu o setor industrial de modo inesperado em março.

O aumento dos custos de insumos e matérias-primas nacionais superou as expectativas de 71% das empresas na indústria extrativa e de transformação e de 73% da indústria da construção civil.

Segundo a CNI, 58% das empresas na indústria extrativa e de transformação e 68% na construção relataram aumento dos preços de insumos importados acima do esperado. Para a instituição, esse resultado coincide com o início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, que agravou a desestruturação das cadeias de suprimento.

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.