Home » Informação » Já sabe os destaques da semana 53?

-

5
janeiro
2021
Sem comentários.

Já sabe os destaques da semana 53?

A primeira semana de 2021 não pode ficar sem informação! Confira aqui os três principais destaques da semana 53 e fique atualizado:

1 – Seguro de crédito às exportações é prorrogado até junho

Atendendo ao pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o governo federal prorrogou o contrato do Ministério da Economia com a Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF) até o dia 30 de junho de 2021.

A ABGF é a atual operadora do Seguro de Crédito à Exportação (SCE) e a prorrogação do seu contrato com a União visa evitar qualquer tipo de descontinuidade do seguro enquanto não se conclui a estruturação do novo sistema de apoio oficial à exportação concedido pelo governo federal. 

A atividade desempenhada pela agência é fundamental para a análise de risco-país e da operação, que é o principal requisito para a aprovação do crédito para as operações. 

2 – Comex 2020: Brasil registra superávit de US$ 51 bilhões

A queda das importações em ritmo maior que o recuo das exportações fez a balança comercial do Brasil encerrar 2020 com superávit maior do que em 2019. O país exportou US$ 51 bilhões a mais do que importou, uma alta de 4,6% em relação ao resultado observado em 2019.

O resultado é inédito, já que desde 2017 o país registrou números em déficit. 

Para 2021, a previsão é de um superávit de US$ 53 bilhões, resultado de exportações na casa dos US$ 221 bilhões e importações em US$ 168,9 bilhões. A corrente de comércio (exportações + importações) deverá totalizar US$ 389,2 bilhões, com uma alta de 5,5% comparativamente com o fluxo de comércio registrado em 2020. 

3 – Porto de Imbituba tem recorde histórico em 2020

Com recordes no embarque e na movimentação mensal e anual, diversificação de cargas e atração de investidores, o Porto de Imbituba (SC)  finalizou um ano histórico em 2020.

De janeiro a dezembro, o porto catarinense movimentou 5,8 milhões de toneladas, volume 1,8% maior que em 2019. Dentre as cargas mais movimentadas estão: coque de petróleo, soja, minério de ferro, contêineres, milho, sal e ureia. Ao todo, foram 228 atracações durante o ano. 

Além disso, o porto de Imbituba bateu três recordes de movimentação mensal e ultrapassou cinco vezes o volume embarcado por navio, demonstrando sua capacidade de atendimento de grandes embarcações. 

Para 2021, a administração do porto está otimista e espera repetir o sucesso de 2020, investindo ainda mais na infraestrutura do porto.

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.



Comentários

Seja o primeiro a comentar isso!