Informação

Qual cidade do Brasil mais importa? Confira nos destaques da semana 04

1 de fevereiro de 2021
Blog > Qual cidade do Brasil mais importa? Confira nos destaques da semana 04

O mês de fevereiro começou e o Comércio Exterior não para! Separamos aqui os três principais destaques da semana 04 para você ficar informado. Confira:

1 – Movimentação de contêineres do Porto de Santos cresce 20%

A administração do Porto de Santos divulgou os números registrados em dezembro e concluiu uma recuperação histórica para o porto em 2020. 

Após uma queda no primeiro semestre, a movimentação de contêineres se recuperou e terminou o ano com recorde no segmento que transporta cargas de maior valor agregado. 

Em dezembro, por exemplo, registrou crescimento de 20%. Já no agregado do ano inteiro, 2020 registrou 4,23 milhões TEU (medida padrão para um contêiner de 20 pés), alta de 1,6% sobre o recorde anterior em 2019. Agora, se considerarmos todas as cargas, o Porto de Santos encerrou o ano com alta de 9,4% sobre 2019.

2 – Países árabes projetam aumentar importação da soja brasileira

A tendência apontada através de um estudo feito pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira (CCAB) é de um aumento nos embarques de soja para a região. Entre os motivos está o aumento do preço da commodity nos próximos anos no mercado internacional.

A CCAB aponta que o potencial de mercado para o produto se deve à produção de ração animal e ao próprio uso do produto na alimentação humana. O imposto tarifário das vendas de soja do Brasil aos árabes é considerado baixo, o que também favorece o comércio. 

Os potenciais mercados, segundo o estudo da AACB, são: Bahrein, Iraque, Jordânia, Líbano, Palestina e Sudão. As tendências que levam esses mercados a se destacarem é a alteração dos hábitos de consumo atrelados à perspectiva de aumento da renda.

3 – Curiosidade: qual a cidade que mais importa no Brasil? 

Se você pensou em grandes metrópoles como São Paulo, Rio de Janeiro ou Belo Horizonte está errado! Em 2020, Macaé (RJ), foi a líder do ranking nacional dos importadores. No ano passado, o município importou bens no valor total de US$ 10,109 bilhões! 

Carinhosamente apelidada de “Princesinha do Atlântico”, devido aos 23 Km de litoral, Macaé é conhecida por suas gigantes reservas petrolíferas na Bacia de Campos. É ali que se situam as instalações da Petrobras e as empresas do setor de offshore. 

Com isso, bens e equipamentos ligados à exploração petrolífera são responsáveis pela quase totalidade das importações realizadas pela cidade. 

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.