Informação

Termine novembro bem informado – confira os destaques da semana 48

30 de novembro de 2020
Blog > Termine novembro bem informado – confira os destaques da semana 48

Novembro já está chegando ao fim! E para finalizar o mês da melhor forma, aqui tem três destaques do Comércio Exterior para você ficar atualizado. Confira: 

1. China anuncia medidas antidumping na importação de vinho australiano

Durante a semana 48, o Ministério do Comércio da China anunciou medidas antidumping sobre as importações de vinho da Austrália. Segundo o governo aisiático, o dumping desse produto vinha danificando a indústria doméstica chinesa.

Com a decisão do país, os importadores de vinho australiano devem pagar depósitos que variam de 107,1% a 212,1%. Além disso, o governo chinês anunciou que irá lançar outras investigações antidumping nas suas importações, o que serve como um alerta para o mercado brasileiro. 

2. Produtos agropecuários respondem por 21% da movimentação de cargas nos portos brasileiros

A participação dos produtos agropecuários nos portos brasileiros subiu para 21% em 2020, mesmo com as medidas de enfrentamento da pandemia de Covid-19. Até o mês passado, a circulação de produtos agropecuários chegou a 175 milhões de toneladas. 

O Brasil possui 34 portos públicos e 147 terminais de uso privado, responsáveis pela movimentação marítima e fluvial de 80% das mercadorias que são consumidas diariamente. E para se ter uma ideia do impacto que as exportações dos produtos agrícolas têm nesses terminais, o Boletim Logístico reuniu alguns dados: 

Até o mês passado, o setor registrou um superávit na balança comercial de US$ 75,5 bilhões: US$ 85,8 bilhões (exportações) e US$ 10,4 bilhões (importações). Segundo o Ministério da Economia, em outubro, as exportações brasileiras atingiriam US$ 210,7 bilhões, sendo que a participação do agronegócio chegaria a metade desse total.

Fonte: Boletim Logístico da Conab

No setor agropecuário, o complexo soja tem o maior valor acumulado de todas as cadeias – 39,2% do total -, seguido pelas carnes com 16,4%.

3. Exportação de frutas deve atingir a marca de US$ 1 bilhão até fim do ano 

De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira de Frutas e Derivados (Abrafrutas), as frutas brasileiras devem ser as mais exportadas para países árabes nos próximos anos. 

Só de janeiro a outubro de 2020, foram exportadas 725 mil toneladas do produto, um aumento de 2,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. A tendência é que o pico das exportações esteja sempre no último trimestre do ano, quando há uma demanda maior dos países. 

Para o fim de 2020, a Abrafrutas prevê que o setor feche o ano com US$ 1 bilhão em receita. 

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.