Informação

Uma dose de informação para o seu dia: saiba os destaques da semana 47

23 de novembro de 2020
Blog > Uma dose de informação para o seu dia: saiba os destaques da semana 47

Partiu ficar informado? Separamos os três principais destaques da semana 47 para você ficar por dentro de tudo o que aconteceu no mundo do Comércio Exterior: 

1. Abimo e Apex promovem Projeto Comprador para aumentar a exportação de equipamentos odontológicos 

Durante a semana 47, a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Exportações (ABIMO) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) deram início a mais uma edição do Projeto Comprador, que tem como objetivo fomentar as exportações das indústrias de artigos e equipamentos do setor odontológico.

O encontro entre as duas entidades foi online por conta da pandemia, mas já traçou importantes objetivos rumo a expansão da exportação desses produtos, como a definição de um plano de ação mais eficiente na área de networking. A ideia é desenvolver as relações nos países-alvo, que podem ser parceiros comerciais interessantes para o setor. 

O Projeto Comprador faz parte do Brazilian Health Devices, um projeto setorial executado pela ABIMO em parceria com a Apex-Brasil. 

2.  Balança comercial do setor elétrico e eletrônico acumula déficit de US$ 20,34 bilhões até outubro 

Com exportações em baixa e importações em alta, o setor elétrico e eletrônico acumula um déficit de US$ 24,34 bilhões. O resultado foi divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Durante o período acumulado de janeiro-outubro, as importações do setor totalizaram US$ 13 bilhões e os três produtos que mais se destacaram foram: componentes para telecomunicações, semicondutores e componentes para informática. 

A movimentação é resultado do momento de pandemia que vivemos. O aumento nas importações de peças e produtos do setor elétrico e eletrônico já podem ser sentidos no valor final dos produtos do setor, que aumentaram consideravelmente. 

3. Importação de produtos químicos cresceu 5%

De janeiro a outubro, as importações brasileiras de produtos químicos somaram US$ 37,6 bilhões, um aumento de 5% em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim).

Os fertilizantes e intermediários foram os principais itens importados e respondem por 20,9% do total. Outro dado interessante é que os países árabes são os principais fornecedores do produto. 

Ainda segundo a Abiquim, as importações do setor devem totalizar US$ 45,2 bilhões até dezembro, com um aumento de 4,3% sobre 2019. 

Fique sempre informado 

Se você gosta de receber notícias em primeira mão, temos um convite para você: assine a nossa Newsletter!

Semanalmente, enviamos no seu e-mail um resumo com os principais destaques do Comércio Exterior, além de compartilhar materiais exclusivos sobre os mais diversos temas. Clique aqui para se cadastrar.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES.
INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER.